01/11/2017

Ao meu querido poeta

Pensei, pensei e pensei em um presente especial para um amigo poeta e que me dá a honra de fazer duetos e só consegui pensar em um poema feito para você. Aceite meu modesto presente, mas que tem muito carinho.
Que Deus o abençoe e que você seja muito feliz!
Ao meu querido poeta
Recebes à porta muito gentil
todas as damas e cavalheiros
que aquele portal adentram
com muita gentileza e carinho.
Seu sorriso jovial e alegre
encanta a todos que chegam
para comemorar mais um ano de vida
ao seu lado, com muito prazer.
Seus olhos procuram, porém,
por aquela que trará a luz da noite,
a beleza da festa,
o brilho do salão com casais,
o inebriar da música
ao bailar suave e terno
dos corpos se tocando
da troca de olhares profundos.
Ela aparece resplandecente,
trazendo o presente mais precioso
que poderias desejar:
o amor eterno e desejado.
Seus lábios o presenteiam
com a frase ansiada por tanto tempo
como uma rosa a desabrochar:
"Eu te amo para sempre!".
**Ana Maria**

05/05/09


24/09/2017

Pensamentos XI

Mais chuva, menos choro,
nossa terra precisa.
Mais abraços, menos tiros,
nosso próximo quer.
Mais aceitação, menos proibição,
nossa sociedade necessita.
Mais humildade, menos intolerância,
nosso irmão pede.

(Pensatrix Officiosa)



16/08/2017

Pensamentos X

Tome cuidado com quem traz as soluções para todos e afirmam igualdade quando eles são os manipuladores.
(Pensatrix Officiosa)


Pensamentos IX

Lembre-se sempre do quanto você desejou o que se realizou em sua vida. Somos 100% responsáveis pelo que nos acontece.
(Pensatrix Officiosa)


14/08/2017

Pensamentos VIII

"Abra mão da zona de conforto de ser guiado; mesmo errando, você é uma criação única de Deus."

(Pensatrix Officiosa)



13/08/2017

Cruzadas

Vai, meu verso guerreiro,
Dizer a esse mundo, 
que a vida só tem valor
quando o amor comanda o coração das pessoas.
Você que só tem vida
quando eu lhe transmito vida,
insere vida naqueles que vivem,
mas que na realidade vegetam.
Vai, meu verso lanceiro,
lançar tua esperança em quem tem
dentro de si somente um vazio,
onde o fim é o começo de tudo.
Você que nasce da esperança de um poeta,
mostra que a esperança
é apenas uma semente
que precisa ser plantada.
Vai, meu verso pioneiro,
abrir estradas por esses corações,
nos quais cresceram matagais impenetráveis
e neva infinitamente.
Você que não é o primeiro a dizer palavras bonitas,
nem será o último a lutar por elas,
vai, vai, incontinenti,
sacudir essa massa
que dorme inerte
que não sabe o que quer
que não vê o que olha
que diz o que não pensa
que faz tudo o que não quer.
Mas, que ao sopro de tua brisa vocabular
há de deixar cair essas folhas amarelecidas
e surgirá a primavera interior.

(Poema inspirado na música "The Sound of Silence" de Paul Simon e Art Garfunkel)
Ana Maria Pupato 
****1981****



19/07/2017

Pensamentos VII

"Para se chegar a uma síntese de qualquer acontecimento, ouça sempre todos os envolvidos porque julgar sem conhecer os fatos demonstra falta de empatia e compaixão com o outro, sem falar na falta de inteligência emocional."
(Pensatrix Officiosa)